Entrega do Prémio Eduardo Lourenço hoje na Guarda

A Entrega do Prémio Eduardo Lourenço realiza-se hoje, dia 7 de setembro, às 17h30, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, da Guarda.

O prémio instituído pelo Centro de Estudos Ibéricos  (CEI) destina-se a premiar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cultura, cidadania e cooperação ibéricas.

O Prémio é atribuído por um júri que integra os membros da Direcção do Centro de Estudos Ibéricos (Reitor da Universidade de Coimbra, Reitor da Universidade de Salamanca e Presidente da Câmara Municipal da Guarda), que assegurarão rotativamente a presidência, por quatro elementos de órgãos executivos e científicos do Centro e ainda quatro personalidades convidadas pelos Reitores das duas Universidades.

Este ano, o Júri da 14ª edição do Prémio Eduardo Lourenço decidiu atribuir o galardão ao professor, investigador, tradutor, crítico literário e escritor Basilio Losada Castro e a entrega do Prémio será realizada hoje, às 17h30, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.

Basílio Losada Castro é professor, investigador, tradutor, crítico literário e escritor. Foi o primeiro catedrático de Filologia Galega e Portuguesa na Universidade de Barcelona.

O Prémio, no montante de 7.500,00€ (sete mil e quinhentos euros), foi atribuído por um júri constituído pelos membros da Direção do Centro de Estudos Ibéricos (Presidente da Câmara Municipal da Guarda, Reitor da Universidade de Coimbra e Reitor da Universidade de Salamanca), membros das Comissões Científica e Executiva do CEI e por mais quatro personalidades convidadas: Fernando Paulouro das Neves (jornalista e escritor, galardoado com o PEL 2017) e Raquel Freire (investigadora do Centro de Estudos Sociais e Prof.ª Associada com Agregação de Relações Internacionais da Faculdade de Economia da UC), indicados pela Universidade de Coimbra, e Sonsoles Sánchez-Reyes Peñamaría (Prof. do Dep. de Filología Inglesa da Escola Universitária de Educação e Turismo de Ávila) e Soledad Murillo de la Vega (Prof.ª Titular na Fac.de Ciências Sociais da USAL) indicados pela Universidade de Salamanca.

O prémio com o nome do ensaísta Eduardo Lourenço, mentor e diretor honorífico do Centro de Estudos Ibéricos (CEI), que tem sede na Guarda, teve a sua primeira edição em 2004 e já distinguiu várias personalidades de relevo de Portugal e de Espanha.

Nas edições anteriores receberam o Prémio Eduardo Lourenço a professora catedrática Maria Helena da Rocha Pereira, o jornalista Agustín Remesal, a pianista Maria João Pires, o poeta Ángel Campos Pámpano, o professor catedrático de direito penal Jorge Figueiredo Dias, os escritores César António Molina, Mia Couto, Agustina Bessa Luís e Luís Sepúlveda, o teólogo José María Martín Patino, os professores e investigadores Jerónimo Pizarro e Antonio Sáez Delgado e o jornalista e escritor Fernando Paulouro das Neves.

 




Conteúdo Recomendado