Bruxelas reforça com 2 mil milhões a Iniciativa Emprego Jovem

A União Europeia (UE) aprovou na passada sexta-feira, dia 9, um reforço de 2.000 milhões de euros na dotação para a Iniciativa Emprego Jovem, um dos principais instrumentos de Bruxelas para oferecer Formação e Emprego aos menores de 25 anos.

“O projeto está a avançar e chegámos a acordo para ampliar o financiamento”, afirmou o ministro eslovaco do Emprego e dos Assuntos Sociais, Jan Richter, no final do Conselho que reuniu os responsáveis pela Saúde, Emprego e Política Social.

Os países aprovaram a proposta da Comissão Europeia para aumentar a alocação à Iniciativa Emprego Jovem em 1.000 milhões de euros do orçamento da UE, a que serão adicionados mais 1.000 milhões de euros do FSE – Fundo Social Europeu.

O Parlamento Europeu já aprovou este reforço de verbas, que pretende responder à situação que abrange cerca de 4,1 milhões de jovens europeus, que representa 18,2% do total.

A Comissária Europeia do Emprego, Marianne Thyssen, considerou que a ampliação do programa é uma boa notícia, mas insuficiente, realçando que é necessário “aumentar a qualidade das ofertas e assegurar que chega aos jovens que mais precisam”.




Conteúdo Recomendado