Documentário vencedor do Grande Prémio Ambiente Cine’Eco 2019 exibido no TMG

CineClube da Guarda apresenta “Injustiça” amanhã, dia 5 de fevereiro, pelas 21h30, no pequeno auditório do Teatro Municipal da Guarda. A entrada é livre.

O documentário da autoria de Sasha Friedlander e Cynthia Wade, vencedor do Grande Prémio Ambiente Cine’Eco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela vai ser exibido amanhã, dia 5 de fevereiro, pelas 21h30, no pequeno auditório do Teatro Municipal da Guarda.

O documentário retrata a história de Dian que quando tinha seis anos de idade, ouviu um estrondo profundo e virou-se para ver um tsunami de lama que vinha em direcção a sua aldeia. A sua mãe pegou nela para a salvar da lama fervilhante. Os vizinhos correram para salvar as suas vidas. Dezesseis aldeias, incluindo as de Dian, foram varridas para sempre, enterradas sob 18 metros de lama. Uma ao fim de uma década, 60.000 pessoas tinham sido deslocadas daquela que antes era uma área industrial e residencial em Java Oriental. Dezenas de fábricas, escolas e mesquitas estão completamente submersas sob uma paisagem lunar de lodo e areia. A causa? A Lapindo, uma empresa indonésia que explora gás natural em 2006, desencadeou um fluxo violento e incontrolável de lodo quente das profundezas da Terra. Estima-se que o fluxo de lama continuará ainda por mais uma década. Filmado ao longo de seis anos, o GRIT testemunha a transformação de Dian desde jovem menina até se tornar numa adolescente politicamente activa em que ela e sua mãe lançam uma campanha de resistência contra a empresa de perfuração.

Pela ocasião o Diretor do Festival CineEco, Mário Branquinho estará presente.




Conteúdo Recomendado