Covilhã reforça liderança na captação de turistas no interior

Em 2019, o concelho da Covilhã registou 301.880 mil dormidas, representando um aumento de 54% face aos valores de 2013 revela uma nota informativa da autarquia.

Novos dados, recentemente divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), revelam que em 2019 o concelho da Covilhã registou 301.880 mil dormidas, representando um aumento de 54% face aos valores de 2013 revela uma nota informativa da autarquia.

Este desempenho coloca a “cidade-neve” numa posição destacada face a várias capitais de distrito como Viseu (245.061), Guarda (87.062) e Castelo Branco (90.757) destaca a edilidade.

A performance positiva da Covilhã reflete-se em dois factos: apresenta mais dormidas do que o número total de dormidas registadas pela CIM da Beira Baixa (167.931 mil) e é, a seguir a Évora, o município não localizado no litoral do País que mais turistas atrai.


O principal mercado emissor de turistas é o interno, com 247.434 dormidas (+43,6 %), seguindo-se o externo, que proporcionou 54.446 dormidas, um aumento de 125% face a 2013, com Espanha a liderar a procura (15.295|+23%), seguindo-se o Brasil (14.176 |+395%), França (5.936 |+203%), Reino Unido (3.463 |+367%) e Israel (2.550|+1 228%).

Os proveitos totais dos estabelecimentos hoteleiros, ou seja, os proveitos tendo em consideração as dormidas, refeições e outros serviços prestados por estas unidades, ascenderam a 16.823.000 milhões de euros (+89%).

“Estamos perante uma evolução muito positiva, que coloca a Covilhã destacadamente no topo da tabela dos municípios da CIM das Beiras e Serra da Estrela” realça o edil em comunicado de imprensa.



Conteúdo Recomendado