“Chocalhos – Festival dos Caminhos da Transumância” regressa ao Fundão

O evento decorre entre os dias 14 e 16 de setembro e apresenta um programa de animação, música, gastronomia, artesanato e muitas outras atividades

A vila de Alpedrinha, no Fundão, prepara-se para mais uma edição do “Chocalhos – Festival dos Caminhos da Transumância”, que contará com um maior envolvimento da comunidade e com o reforço da programação temática e artística.

Organizado em parceria pela Câmara do Fundão e pela Junta de Freguesia de Alpedrinha, o evento decorre entre os dias 14 e 16 de setembro e apresenta um programa de animação, música, gastronomia, artesanato e muitas outras atividades.

Com a génese nas tradições da pastorícia, este festival já se realiza há 17 anos consecutivos, sendo que a edição deste ano deve “devolver” o evento aos habitantes de Alpedrinha, que dinamizam grande parte das tasquinhas e espaços de exposição.

“Esta edição será marcada pela palavra ‘envolvimento’, o envolvimento das pessoas de Alpedrinha”, frisou Carlos Ventura, presidente da Junta de Freguesia de Alpedrinha.

Assumindo que a última edição de 2017 ficou um pouco aquém das expectativas, este responsável salientou que este ano foram introduzidas algumas alterações para que o evento não perca a notoriedade que conquistou.

Nesse sentido, o certame, que noutros anos se alargou a várias artérias, volta a concentrar-se essencialmente na rua principal da vila, no percurso que conduz até ao Palácio do Picadeiro.

A par da animação de rua, a organização também apostou no regresso dos concertos artísticos, que vão decorrer em cinco palcos diferentes, num total de dez espetáculos que ficam a cargo de nomes como Lavoiser, O Gajo, Señorinas, Caravana, Norberto Lobo, Beira Brass e Band e Héctor Braga.

“É uma programação que permite a cada visitante fazer um percurso pelos concertos, que decorrem em horas diferentes”, especificou Alcina Cerdeira, vereadora da Cultura da Câmara do Fundão.

A tradicional caminhada com ovelhas, entre o Fundão e Alpedrinha, está marcada para domingo, às 08:00.

O Chocalhos tem uma página na internet que lhe é inteiramente dedicada e que pode ser consultada no endereço: http://chocalhos.cm-fundao.pt.

O orçamento do festival é de 40 mil euros, com financiamento do programa iNature.




Conteúdo Recomendado