Cerimónia de Abertura do Ano Académico distingue personalidade ligada à UBI e região

A sessão está marcada para segunda-feira, 10 de outubro, no Grande Auditório da Faculdade de Ciências da Saúde.

A Universidade da Beira Interior (UBI) assinala segunda-feira, dia 10 de outubro, o início das atividades letivas em 2016/2017, num evento que inclui no programa a homenagem a três personalidades ligadas à história da instituição e à cultura nacional. Elisa Pinheiro, Ryszard Kowalczyk e António Salvado vão ser distinguidos com doutoramentos “honoris causa”, na Cerimónia de Abertura do Ano Académico marcada para o Grande Auditório da Faculdade de Ciências da Saúde, a partir das 14h30.

Com o tributo ao poeta António Salvado, natural de Castelo Branco, a UBI destacar uma das maiores figuras ligada às letras da região onde se insere a academia. E no ano em que a UBI comemora o seu 30.º aniversário, entrega a maior distinção académica a duas figuras que ajudaram a construir a identidade da instituição: Elisa Pinheiro, que teve um papel fundamental na criação do Museu de Lanifícios, que também dirigiu, e Ryszard Kowalczyk, um dos muitos docentes que vieram da Polónia para a UBI, e que contribuíram para o crescimento da qualidade científica da área das engenharias.

Além destas homenagens, a Sessão inclui o tradicional Cortejo Académico e os discursos, do Reitor da UBI, António Fidalgo, da Presidente da Associação Académica, Francisca Castelo Branco, do Presidente do Conselho Geral, Joaquim Lima, e Maria Fernanda Rollo, secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.




Conteúdo Recomendado