Turistas nacionais são os que mais procuram a cidade da Guarda

A Câmara Municipal da Guarda anunciou que o número de visitantes registados no posto de turismo Guarda Welcome Center “continua em crescimento”.

Segundo a autarquia, entre janeiro e agosto foi registado um aumento de visitantes de 05,49% relativamente ao período homólogo de 2017, “prosseguindo a tendência de aumento” de turistas registada ao longo dos últimos anos.

Relativamente à proveniência dos turistas, a fonte refere que “são os portugueses os que mais procuram a cidade, cerca de 45%”, seguindo-se os espanhóis com 25% e os franceses com 12%.

A autarquia da Guarda assinala “o aumento de turistas do Brasil, que passa para quarto mercado emissor, e de Israel”.

“O Welcome Center registou também uma maior diversidade de nacionalidades, com visitantes de todos os continentes”, lê-se na nota.

O município apresenta dados do Instituto Nacional de Estatística relativos a 2016, que indicam que as unidades hoteleiras do concelho da Guarda registaram um total de 74.990 dormidas, sendo a estada média de 1,3 noites e o número médio de estada de hóspedes estrangeiros de 1,5 noites.

Hoje, a autarquia celebra o Dia Mundial do Turismo com várias iniciativas no centro histórico, que assinalam a importância do setor, tornando o dia “especial” para quem visita a região.

As boas-vindas são feitas por uma figura ilustre do imaginário local, a Ribeirinha, eterna apaixonada do fundador da cidade, Dom Sancho I, adianta.

“Será ela [a personagem da Ribeirinha] a anfitriã, no Welcome Center da Praça Luís de Camões, entregando algumas lembranças aos visitantes e convidando-os também a experimentar muitos dos sabores da região”, indica o comunicado.

Na principal praça da cidade também está disponível uma ‘Photo Machine’, que possibilita ao visitante “imortalizar a sua visita à cidade mais alta com uma foto ou um ‘GIF’ animado, tendo como cenário de fundo a Sé da Guarda com molduras de outros pontos turísticos”.

A data é igualmente assinalada com entradas grátis na Sé Catedral e no Museu Regional da Guarda.




Conteúdo Recomendado