Turismo Centro de Portugal congratula-se com escolha de Coimbra como Região Europeia de Gastronomia

Escolha foi confirmada em Bruxelas e estará em vigor durante o ano de 2021.

O Turismo Centro de Portugal congratula-se com a distinção atribuída ontem à Região de Coimbra, que será Região Europeia da Gastronomia em 2021.

A escolha, confirmada em Bruxelas pelo Instituto Internacional de Gastronomia, Cultura, Arte e Turismo, que avalia as candidaturas para a Comissão Europeia, reconhece a riqueza ímpar desta região a nível gastronómico. A candidatura de Coimbra recebeu o apoio do Turismo Centro de Portugal desde a primeira hora.

“Uma região que alia o Leitão da Bairrada à chanfana, à lampreia, ao cabrito assado e a outras iguarias únicas e que presenteia o palato com os Pasteis de Tentúgal, os Pasteis de Lorvão ou as Barrigas de Freira, é uma região gastronómica que merece, justamente, ser conhecida e reconhecida em todo o espaço europeu”, sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal e membro do Conselho Estratégico do Desenvolvimento Intermunicipal da Região de Coimbra.

“Esta é também uma excelente oportunidade para cada vez mais europeus descobrirem esta região, de forma a conhecerem, além de gastronomia, os sítios património mundial, os locais de natureza quase intocada, as aldeias do xisto ou a costa atlântica, recursos turísticos que caracterizam a Região de Coimbra”, acrescenta.

A cerimónia de escolha da Região de Coimbra como Região Europeia da Gastronomia em 2021 decorreu, em Bruxelas, e contou com a presença de quase todos os presidentes dos 19 municípios que compõem a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.
A denominação de Região Europeia da Gastronomia é atribuída anualmente a duas regiões distintas em cada ano e reconhece a inovação e a interligação da gastronomia com a cultura, o turismo e a economia.




Conteúdo Recomendado