Seia recebe ano novo ao ar livre apesar das temperaturas baixas

As baixas temperaturas não estão a afastar os participantes dos festejos da passagem de ano ao ar livre em São Romão, no concelho de Seia, onde os termómetros rondam os três graus, disse hoje à agência Lusa o autarca local.

Segundo Paulo Pina, presidente da União das Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros, o programa de animação de fim de ano começou no sábado e prolonga-se até à madrugada de quinta-feira, com atividades ao ar livre.

“Esta noite, a temperatura era de três graus, foi a noite mais fria, e acabou perto das 1 hora”, contou o autarca.

Paulo Pina referiu que o frio não “será problema” nem afastará o público porque “a passagem de ano em São Romão é sempre ao ar livre e as pessoas apresentam-se”.

Lembrou que no ano passado choveu e fazia frio e na noite de 31 de dezembro, às 5 horas, ainda estavam a festejar cerca de mil pessoas.

“Há a tradição de o fim de ano ser nas ruas, independentemente do estado do tempo”, assegura o autarca, que tem esperança de voltar a juntar muita gente naquela localidade do concelho de Seia, na Serra da Estrela, apesar da vaga de frio que está a assolar o país.

Segundo o presidente da União das Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros, entidade que promove os festejos, apesar do frio, a organização espera este ano “mais gente” do que no ano anterior, visto que as unidades hoteleiras da região “estão com boa lotação” e algumas têm a sua capacidade de alojamento esgotada.

Durante as atividades festivas, os participantes irão circular pelas ruas de São Romão e no recinto das festas haverá bares que servem bebidas, algumas delas quentes, que ajudarão a atenuar o frio, disse Paulo Pina.

O programa inclui espetáculos musicais, atuações de DJ e zumba, entre outras iniciativas de animação.



Conteúdo Recomendado