Exposição “O Último dos Santeiros” no Museu de Arte Sacra da Covilhã

http://www.urbi.ubi.pt/pag/15565#sthash.STkrleU6.dpuf

Trata- se de uma mostra constituída por 27 trabalhos de um escultor que faz santos em madeira para igrejas e particulares de todo o país e para o estrangeiro.

Está patente até ao dia 30 de agosto no Museu de Arte Sacra da Covilhã a exposição de escultura intitulada de “O Último dos Santeiros”, da autoria de Jorge Matos.

Jorge Matos trabalha a madeira desde pequeno, no entanto foi só a partir de 1994, que esta arte passou a ocupar a totalidade do seu tempo tornando-se assim uma fonte de rendimento. O artista quer vive essencialmente do restauro e da produção de imagens de santos, na atualidade é o único em toda a Beira Baixa e Alta a desenvolver este género de atividade a tempo inteiro.

Um trabalho em vias de desaparecer que se encontra visitável ao público até ao dia 30 de agosto no Museu de Arte Sacra da Covilhã, de terça a domingo, das 10h às 18 horas.




Conteúdo Recomendado