Covid-19: Município do Sabugal fornece refeições aos lares de idosos com surtos

O município do Sabugal está a fornecer refeições aos lares de idosos do concelho onde são detetados surtos de covid-19, para que os funcionários da cozinha se dediquem ao apoio direto aos utentes, foi hoje anunciado.

“Para as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) poderem deslocalizar o pessoal da cozinha para o apoio direto aos idosos, nós fornecemos as refeições”, disse hoje à agência Lusa Sílvia Nabais, vereadora com o pelouro da Ação Social na Câmara Municipal do Sabugal.

A medida consta dos apoios atribuídos pela autarquia do Sabugal às IPSS e está aprovada desde o início da pandemia.

A primeira situação relacionada com este tipo de ajuda surgiu em novembro de 2020, segundo a autarca.

No início, eram as IPSS do concelho que forneciam as refeições umas às outras mas, “como o número de surtos em lares tem vindo a aumentar e as instituições começam a ficar assoberbadas e não têm essa capacidade”, a autarquia começou também a recorrer a restaurantes, disse.

“Já entregámos quase seis mil refeições no valor de, mais ou menos, 30 mil euros. Já foram apoiadas, até agora, seis IPSS”, descreveu à Lusa a vereadora.

O município do Sabugal está a apoiar atualmente duas IPSS concelhias (uma em Aldeia da Ponte e outra na localidade de Alfaiates), com um total de 180 refeições diárias, por estarem “com situações mais complicadas” de infeções por covid-19.

Sílvia Nabais considera que a medida ajuda as instituições e também os restaurantes locais, uma vez que as IPSS “ficam libertas” do serviço de refeições e os restaurantes confecionam e entregam as refeições em ‘take-away’ e “conseguem manter alguma atividade”.

A medida está aprovada para cada uma das instituições sociais do concelho, para um período máximo de 10 dias, e “irá prolongar-se enquanto for necessário”, adiantou a responsável.

O concelho do Sabugal, no distrito da Guarda, situado junto da fronteira com Espanha, tem 26 instituições de apoio a idosos (entre ERPI – Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas, Centros de Dia e SAD – Serviço de Apoio Domiciliário) com cerca de 1.300 utentes e 700 funcionários.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.253.813 mortos resultantes de mais de 103,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 13.257 pessoas dos 740.944 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



Conteúdo Recomendado