Aprovada linha de crédito de 20 milhões para apoiar agricultores afetados pelas intempéries

Esta linha de crédito pretende reforçar a capacidade de fazer face aos prejuízos verificados na produção de fruta, produtos hortícolas, olival e vinha nas regiões Norte e Centro.


Foi ontem aprovada, em reunião de Conselho de Ministros, uma linha de crédito no valor de 20 milhões de euros, bonificada em 80%, para apoiar os agricultores afetados pelas intempéries, refere uma nota informativa.

Esta linha de crédito pretende reforçar a capacidade de fazer face aos prejuízos verificados na produção de fruta, produtos hortícolas, olival e vinha nas regiões Norte e Centro, decorrentes das intempéries registadas entre 31 de março e 2 de abril, a 15 de abril, a 19 de abril e entre 30 e 31 de maio, procurando permitir superar dificuldades de tesouraria ou de fundo de maneio dos agricultores afetados, acrescenta.

Para além do apoio não reembolsável para fazer face aos custos relativos aos tratamentos a pomares e vinhas, para a sua rápida recuperação produtiva que já tinha sido implementado, “o Ministério da Agricultura encontra-se a estudar outras medidas de apoio, nomeadamente medidas específicas de apoio a investimentos no âmbito do PDR2020, destinadas a reduzir ou a prevenir o impacto de catástrofes naturais, fenómenos climáticos adversos ou acontecimentos catastróficos (por exemplo, através da instalação de equipamentos de prevenção)” conclui.



Conteúdo Recomendado