Sobral de São Miguel como Aldeia Museu

http://aldeiasdoxisto.pt/

Transformar Sobral de S. Miguel num museu vivo é o objetivo da junta de freguesia da única aldeia do xisto do concelho da Covilhã.

Convidada do programa “Prova dos Novos” da RCB, Sandra Ferreira anunciou a abertura, em breve, da primeira de outras rotas que a autarquia pretende criar dentro e fora da aldeia.

“Depois de termos esta rota inaugurada estamos a trabalhar noutras: rota dos moinhos, dos fornos comunitários, rotas ligadas ao património arqueológico, arte rupestre, e depois o centro interpretativo funcionaria como uma espécie de pólo da aldeia que queremos transformar num museu vivo, onde os próprios visitantes poderão participar nas atividades da comunidade”.

Para isso é intenção da autarca, até final do mandato, requalificar a sede da junta de freguesia para libertar o edifício onde funciona atualmente, a título provisório, na Casa Museu João dos Santos, e que será o futuro centro interpretativo das rotas.

Mas há outras obras mais urgentes na freguesia que a autarca espera em breve protocolar com a câmara da Covilhã “neste momento temos duas situações graves porque envolvem dois caminhos públicos: temos a queda de um muro de suporte num caminho rural público que se não for feito até ao próximo verão vamos ter problemas porque não passa ali um carro de bombeiros nem um trator, esse caminho serve ainda a maior parte dos terrenos agrícolas, esse é de facto um protocolo que já pedi, estou a aguardar e espero estabelecer a curto prazo”.

Outro dos protocolos que a autarca pretende estabelecer com o município da Covilhã é também para o arranjo do caminho público levado pelo açude que ruiu por completo na Ribeira do Porssim.



Conteúdo Recomendado