Sabugal disponibiliza computadores e acesso à internet a 100 alunos

O município adquiriu equipamento informático para ceder, a título de empréstimo, até ao final do ano letivo, aos alunos que não dispõem desses meios.

O município do Sabugal, no distrito da Guarda, vai disponibilizar computadores e acessos à internet móvel a cerca de 100 alunos do concelho para assistirem às aulas à distância, foi hoje anunciado.


“Face ao contexto atual de aprendizagem à distância e na sequência das medidas de resposta à pandemia covid-19 que têm vindo a ser adotadas, a Câmara Municipal do Sabugal, através do programa ‘COVID-19_Sabugal Solidário’ e no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE) ‘Educa + Sabugal’, adquiriu equipamento informático (computadores e ‘routers’) para ceder, a título de empréstimo, até ao final do ano letivo, aos alunos que não dispõem desses meios”, refere a autarquia em comunicado.

Segundo o município do Sabugal, presidido por António Robalo, os alunos que recebem estes recursos tecnológicos foram previamente sinalizados pelo Agrupamento de Escolas e pelas Juntas de Freguesia, “num processo criterioso que pretendeu garantir, a quem realmente precisa, as condições necessárias para fazer face a esta nova situação”.

A autarquia do Sabugal esclarece ainda que, através da proteção civil, garante a entrega de fichas de trabalho, enquanto as Juntas de Freguesia asseguram a impressão de trabalhos escolares “aos alunos que não têm possibilidade de o fazer”.

“Sendo a Educação um dos eixos prioritários, a Câmara Municipal continua assim empenhada no apoio de proximidade às famílias na promoção de igualdade no acesso ao ensino. Vamos acompanhar permanentemente esta situação, respondendo às necessidades que forem surgindo e contribuindo, na medida possível, para a melhor superação de constrangimentos que possam surgir”, lê-se na nota.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 283 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Portugal contabiliza 1.144 mortos associados à covid-19 em 27.679 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Portugal entrou no dia 03 de maio em situação de calamidade devido à pandemia, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

Esta nova fase de combate à covid-19 prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância ativa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.




Conteúdo Recomendado