Projeto de dança inclusiva na Covilhã

A iniciativa envolveu a companhia de bailado Kayzer Ballet, o Agrupamento de Escolas “A Lã e a Neve” e o Agrupamento de Escolas do Teixoso.

A Câmara Municipal da Covilhã desafiou a companhia de bailado Kayzer Ballet a participar no projeto “Dança Inclusiva”, iniciativa que envolveu também o Agrupamento de Escolas “A Lã e a Neve” e o Agrupamento de Escolas do Teixoso.

O principal objetivo desta iniciativa foi “o de dar aos jovens com deficiência física a possibilidade de desenvolver o seu potencial artístico”, refere uma nota da autarquia.

Segundo Regina Gouveia, vereadora da Cultura da Câmara Municipal, “a dança inclusiva nasceu com o objetivo de dar às pessoas com deficiência física a possibilidade de desenvolver seu potencial de movimento e as suas habilidades artísticas, com o desenvolvimento de diferentes linguagens e pesquisas de movimento”.

O projeto concretizou-se ao longo de quatro meses, sob a direção do coreógrafo Ricardo Runa, e o resultado foi apresentado ao público no passado dia 27 de abril, no Grande Auditório da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior.




Conteúdo Recomendado