Pousada da Serra da Estrela cativa turistas de mais de 10 países

A novíssima Pousada da Serra da Estrela, que resulta da recuperação do antigo Sanatório dos Ferroviários, abriu ao público na passada terça-feira.

Os clientes dos primeiros dias da unidade que vai ser explorada pelo Grupo Pestana são maioritariamente oriundos de Portugal, mas para o primeiro mês já há reservas a partir de mais de uma dezena de países.

O administrador do Grupo Pestana para a área de marketing e vendas adianta ao jornal O INTERIOR que «87 por cento das nossas reservas são público português e sete por cento espanhol», havendo depois reservas oriundas de países como o Congo, Moçambique, Brasil, Canadá, França, Reino Unido, Alemanha, Suíça ou Bélgica, num total de «mais de 10 mercados internacionais», o que atesta «que a atração internacional está cá». Ainda assim, Nuno Ferreira Pires refere que é intenção do grupo reforçar esta faceta até porque a zona da Serra da Estrela «tem uma capacidade de atração de potencial enormíssimo para mercados emissores internacionais». O responsável acredita que «ainda há muito por fazer nessa matéria, não só no turismo de inverno» como também no verão, daí que o Grupo Pestana tenha o objetivo de «conseguir garantir que nos pomos no mapa internacional» e de fazer perceber ao «mercado emissor internacional o que está a perder quando não considera este destino dentro das suas opções de escolha de férias».

Nesse sentido, o administrador frisa que a Pousada está numa zona que tem uma época do inverno «muito ampla», pelo que o grupo pretende apostar na atração de «um tipo de turismo de aventura, de trilhos de montanha e de pessoas que apreciam lagoas extraordinárias como a do Vale do Rossim» e outros sítios que «permitem um turismo de verão em família extraordinário». O grupo Pestana tem expetativas «muito altas» em relação à Pousada, pois «acreditamos que esta vai ser uma das melhores unidades que existem na região». De resto, as expetativas «estão a ser confirmadas já pelo mês de abril», pois, especialmente o fim de semana do 25 de abril, «já está praticamente em “overbooking”», enquanto que nos outros fins de semana a taxa de ocupação situa-se entre os 70 e os 80 por cento, «o que confirma que a nossa aposta aqui foi muito interessante». Nuno Ferreira Pires reforça que o ritmo de reservas está fazer-se de forma «muito acelerada» e, desse modo, «estamos muito contentes», sustentando que «inicialmente tínhamos planeado abrir a 1 de maio, mas assim que vimos que era possível antecipar fizémo-lo e o público está a responder muito positivamente».

Quando estiver a funcionar em «plena velocidade de cruzeiro», a nova unidade terá criado «cerca de 50 postos de trabalho, maioritariamente recrutados na região», enquanto os restantes virão da rede das Pousadas de Portugal: «Quando iniciamos em determinadas localidades é nossa intenção, por um lado, ter a garantia que o nosso staff é também regional porque um dos nossos conceitos é garantir que somos pequenas embaixadas regionais de Portugal ao longo do país, mas é importante também que tenhamos gente que já estava na rede das Pousadas de Portugal noutras unidades que permitam garantir o nosso conceito standard», salienta Nuno Ferreira Pires.

O edifício, que agora foi transformado numa moderna e confortável unidade, estava abandonado desde a década de 80 e os antigos trabalhadores do antigo Sanatório mostram-se agradados com os trabalhos de requalificação. Amílcar Acácio Alves diz que «não há palavras para descrever o que aqui se fez» após o que chama de «”terramoto”», considerando que «isto é a maravilha das maravilhas e acredito que é um bem para a Serra, para a Covilhã, eventualmente para a Guarda, para toda a região e para Portugal». O antigo motorista, hoje com 78 anos, recorda que foi «muito feliz» no antigo Sanatório onde trabalhou 14 anos e onde conheceu a sua esposa que era a chefe das costureiras».

A Pousada da Serra da Estrela dispõe de 92 quartos (entre os quais dois com conceito spa), spa, piscina interior e exterior, salas de reuniões e restaurante.




Conteúdo Recomendado