Pinhel assinala Páscoa em segurança

Segundo a organização, “face às limitações que ainda decorrem da situação de pandemia, a Paróquia e o Município de Pinhel entenderam por bem, este ano, assinalar a tradicional Via-Sacra de um modo que permita a participação das pessoas, com segurança e em cumprimento pelas regras em vigor”.

Assim, na Sexta-Feira Santa, dia 2 de abril, às 21h00, o Município de Pinhel irá transmitir na sua página de Facebook um vídeo elaborado a partir de imagens de arquivo de edições anteriores da Via-Sacra, narradas pelo pároco de Pinhel, Pe. Jorge Castela, sob o mote “Renovar a Esperança”.
“Não sendo a representação cénica que tem sido levada a efeito nos últimos anos, esta é a forma possível e segura de assinalar esta manifestação de Cultura e de Fé que era já um dos pontos altos do programa de eventos a cargo da autarquia pinhelense”, refere a organização.

A par desta iniciativa, destaque ainda para uma exposição de fotografias que irá estar patente nas ruas de Pinhel e que visa marcar o percurso das estações da Via-Sacra. Além de recordar o evento, esta mostra também permitirá a realização individual do percurso, num momento intimista de reflexão e de reconciliação, propício à renovação da Esperança.

No dia de Páscoa, dia 4 de abril, o Município de Pinhel irá transmitir em direto na sua página de Facebook, a Eucaristia do Domingo de Páscoa, que terá início às 12h00, na Igreja de São Luís, respeitando as limitações de público / fiéis em vigor, mas podendo também ser vista e participada por todos, a partir de casa.

Exposição de Fotografia | Percurso da da Via-Sacra:
Igreja de Santo António – Igreja de São Luís – Castelo

1ª Estação: Jesus é condenado à morte
2ª Estação: Jesus carrega a cruz às costas
3ª Estação: Jesus cai pela primeira vez
4ª Estação: Jesus encontra a sua Mãe
5ª Estação: Simão Cirineu ajuda Jesus
6ª Estação: Verónica limpa o rosto de Jesus
7ª Estação: Jesus cai pela segunda vez
8ª Estação: Jesus encontra as mulheres de Jerusalém
9ª Estação: Terceira queda de Jesus
10ª Estação: Jesus é despojado de suas vestes
11ª Estação: Jesus é pregado na cruz
12ª Estação: Jesus morre na cruz
13ª Estação: Jesus é descido da cruz
14ª Estação: Jesus é sepultado
15ª Estação: Jesus Ressuscita



Conteúdo Recomendado