Piloto Jorge Almeida vence provas de perícia em Figueira de Castelo Rodrigo

O XXI Slalom / Sprint, organizado pelo Município de Figueira e Clube Escape Livre, decorreu no último fim de semana, dias 20 e 21 de julho.

Jorge Almeida esteve imparável em Figueira de Castelo Rodrigo, vencendo as duas provas pontuáveis para o campeonato, em dois traçados diferentes.

A prova de slalom de sábado, a sexta do Campeonato de Portugal de Perícias, foi disputada por 22 pilotos, em quatro mangas cronometradas. O mais rápido foi Jorge Almeida, em Volkswagen Polo, seguido de António Borges, num Lotus, e de António Alexandre, em Mini. A prova contou ainda com Carlos Rosendo, em Mini, como outsider, no entanto, uma avaria não permitiu ao piloto cumprir a última passagem para poder discutir este lugar.

No domingo, a 1ª Grande Perícia Automóvel Figueira Castelo Rodrigo reuniu 27 pilotos, e o pódio foi novamente para as mãos de Jorge Almeida, com uma troca de posições de segundo e terceiro lugares, entre António Alexandre e António Borges. A três segundos do vencedor, o piloto Dino Almeida aproximou-se do pódio, em Honda S800.

Quanto aos pilotos do distrito da Guarda, o destaque foi para Rui Loureiro, em Peugeot, com Miguel Vicente, em Ford Escort, a ser o melhor figueirense.

 Na prova noturna de Sprint, no novo percurso, Tiago Prata, saiu vencedor com o seu Westfield. Segundo uma nota do Clube Escape Livre, António Borges e Ricardo Rodrigues, ambos em Honda S800, proporcionaram um bom espetáculo na luta pela segunda posição, que coube a António Borges. Rui Loureiro, realizando uma prova ao volante do seu Peugeot, classificou-se logo atrás, ocupando o primeiro lugar fora do pódio. Entre os pilotos do sprint, destaque ainda para a prestação de Diogo Caramelo, em BMW, e Daniela Loureiro, em Peugeot, a única representante feminina, conseguindo um honroso 17º entre 33 viaturas.

No final, Paulo Langrouva, presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo, afirmou que a prova de perícias é “emblemática” e defende que é “ necessário apostar neste tipo de provas que promovem e divulgam a região e são ainda uma alavanca económica”, não esquecendo a “parceria muito profícua com o Clube Escape Livre e que obviamente é vencedora”.



Conteúdo Recomendado