Município de Gouveia recebe “Selo de Qualidade Exemplar da Água para Consumo Humano”

A distinção surge na sequência da avaliação regulatória das entidades prestadoras de serviços de
abastecimento público de água no último ano.

A ERSAR – Entidade Reguladora do Serviço de Água e Resíduos atribuiu o “Selo de Qualidade Exemplar da Água para Consumo Humano” à autarquia de Gouveia, uma distinção que surge na sequência da avaliação regulatória das entidades prestadoras de serviços de abastecimento público de água no último ano.

Este ano foram galardoadas as concessionárias Águas da Covilhã e Águas da Teja (Trancoso), bem como as autarquias de Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Gouveia e Vila Nova de Foz Côa.

A cerimónia de entrega do selo de qualidade está agendada para o dia 10 de dezembro, durante a 14ª Expo Conferência da Água, em Lisboa, sendo que as entidades gestoras a quem será atribuído o selo de qualidade também vão receber um certificado e o direito de usar a imagem do selo no âmbito da sua comunicação institucional (internet e meios publicitários).

Com esta iniciativa, a ERSAR pretende evidenciar a existência de um rigoroso sistema de avaliação dos serviços prestados aos consumidores, que no ano de 2018, tenham assegurado uma qualidade exemplar de água para consumo humano, verificando cumulativamente todos os critérios previstos no regulamento, nomeadamente o cumprimento do número de análises agendadas no programa de controlo de qualidade da água, cumprimento dos valores paramétricos, designadamente dos valores de controlo de rotina (bactérias coliformes e Escherichia coli), e de cheiro e sabor.

Esta iniciativa da ERSAR é realizada em parceria com o Jornal Água&Ambiente. Fazem também parte do Júri outras entidade representativas do setor, designadamente a Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA), a Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB), a Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH), a ESGRA – Associação para a Gestão de Resíduos, a APEMETA – Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais e a DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.



Conteúdo Recomendado