Município da Guarda organizou fórum dedicado ao ensino inclusivo

O Município da Guarda, em parceria com a Associação Maense em Portugal, promoveu, de 4 a 6 de abril, o II Fórum de Educação “Ensino Inclusivo”.

Tratou-se de um intercâmbio de experiências entre 23 professores do ensino básico da Ilha do Maio – Cabo Verde – e professores do 1º CEB do Concelho da Guarda.

Direcionado a professores do 1º CEB, o Fórum teve como objetivos contribuir para a melhoria de desempenho dos docentes no diagnóstico e intervenção em alunos com necessidades educativas especiais, promover a formação cultural e humana no âmbito da inclusão e a partilha de boas práticas e novas abordagens de pedagogia inclusiva.

A Associação Maense em Portugal, norteada pela ideia de que a “educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o mundo” (Nelson Mandela), tem-se preocupado com a situação dos jovens e crianças da Ilha do Maio, em particular, e do País, em geral, nomeadamente no que respeita a oportunidades de acesso ao ensino profissional e superior no exterior, com realce para Portugal.

Enquadrada no princípio 15 da Carta das Cidades Educadoras, a iniciativa, que conta com tertúlias, visitas aos locais emblemáticos e identitários do concelho e atividades lúdico pedagógicas, pretendeu “incluir”, construindo uma cidade onde todos e todas se sintam significativos e que o sejam sempre ao longo da vida.

Entre os participantes estiveram também a ADM Estrela – Residência e CAO Léa Nobre e a Fundação João Bento Raimundo.

GUARDA TV | 2º FÓRUM DE EDUCAÇÃO – ENSINO INCLUSIVO

GUARDA TV | 2º FÓRUM DE EDUCAÇÃO – ENSINO INCLUSIVOA 2ª edição do Fórum de Educação – Ensino Inclusivo decorreu na Guarda entre 4 e 6 de abril. A iniciativa do Município, em parceria com a Associação Maense em Portugal, promoveu durante três dias, a troca de experiências e conhecimentos entre mais de duas dezenas de professores vindos da ilha do Maio, em Cabo Verde e professores e educadores da Guarda. Uma experiência enriquecedora, dizem os educadores de Cabo Verde e também os da cidade “mais alta” que veem nestes encontros oportunidades para divulgar as boas práticas e expor as necessidades deste ensino especializado nas escolas públicas.

Publicado por Município da Guarda em Sexta-feira, 6 de Abril de 2018




Conteúdo Recomendado