Jay-Jay Johanson no Teatro Municipal da Guarda

O álbum de estreia do sueco Jay-Jay Johanson faz 20 anos e a digressão que o celebra passa pela Guarda. É já esta noite, a partir das 21h30, que o músico sobe ao palco do TMG.

Jay-Jay Johanson comemora os 20 anos do álbum que lançou e consagrou o músico sueco enquanto uma das principais referências da cena indie pop / trip hop.

Proveniente do jazz, em 1996, o músico sueco Jay-Jay Johanson resolveu mostrar um novo lado da sua carreira lançando um dos trabalhos que especialistas e críticos de música consideram o mais icónico e importante de toda a sua carreira – “Whiskey”.

A história de “Whiskey” surge em 1994 quando Jay-Jay ouviu uma ‘promo’ de “Dummy” dos Portishead que lhe chegara por correio à redação da revista da revista de música POP, onde Johanson trabalhava à noite e aos fins-de-semana para ganhar algum dinheiro extra. Após ouvir exaustivamente aquele trabalho da banda de Beth Gibbons, o compositor sueco percebeu que era possível fazer algo com que sempre sonhara: “misturar um estilo de composição típico do jazz com batidas urbanas, herdadas do hip- hop, abrandadas de modo a que conseguisse cantar, como no jazz, por cima das mesmas”.

Os bilhetes no valor de 15 euros, podem ser adquiridos aqui.

 




Conteúdo Recomendado