Governo avança com requalificação do Parque TIR de Vilar Formoso

Segundo o secretário de Estado das Infraestruturas, com a requalificação do Parque TIR, o Governo pretende criar “um Parque muito atrativo” e que seja “motivador”.

O grupo de trabalho constituído pelo Governo para revitalizar a fronteira de Vilar Formoso, no concelho de Almeida, distrito da Guarda, anunciou hoje que continua com os procedimentos com vista à requalificação do Parque de camiões TIR.

“Hoje foi uma reunião de ponto de situação, no sentido de continuarmos a empurrar este projeto que está desenhado para dinamização da zona de Vilar Formoso e de Fuentes de Oñoro, onde o tema principal foi, de facto, a requalificação do Parque TIR e das ligações entre Espanha – Portugal, na passagem entre estas duas povoações”, disse o secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, aos jornalistas, no final de uma reunião realizada no Edifício da Alfândega, em Vilar Formoso.

A intervenção a realizar no Parque TIR enquadra-se no âmbito do Projeto Integrado de Intervenção, Reabilitação e Revitalização da Zona de Fronteira de Vilar Formoso, devido à construção do troço final da autoestrada A25 de ligação entre Vilar Formoso e a fronteira.

Segundo Jorge Delgado, com a requalificação do Parque TIR, o Governo pretende criar “um Parque muito atrativo” e que seja “motivador” para que os camiões o continuem a utilizar.

“É uma requalificação muito clássica, vamos tratar dos pavimentos, vamos tratar de criar condições de segurança, com iluminação, com controlo de acessos, com infraestruturas para balneários, no fundo, dotar de condições físicas [para] que valha a pena vir aqui aparcar”, explicou.

O governante referiu ainda que estão a ser ultimados “os pormenores” para se preparar o caderno de encargos, para lançar o concurso para o projeto, que depois dará lugar ao lançamento do concurso para a execução da obra de requalificação.

O secretário de Estado admite que a intervenção possa ficar realizada “até ao fim do próximo ano”, para quando também está prevista a conclusão da autoestrada.

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que vai deixar o cargo para exercer as funções de ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, adiantou aos jornalistas que o pelouro do Turismo “está completamente comprometido” com o Projeto Integrado de Intervenção, Reabilitação e Revitalização da Zona de Fronteira de Vilar Formoso, garantindo que “o projeto continua”.

O presidente da Câmara Municipal de Almeida, José António Machado, disse que a intervenção a realizar no Parque TIR de Vilar Formoso, no âmbito de um plano mais vasto, permitirá ultrapassar “o problema” que será criado com a ligação por autoestrada entre Portugal e Espanha.

“Já há muitos anos” que a autarquia de Almeida e a congénere de Fuentes de Oñoro procuravam intervir no Parque TIR, por considerarem tratar-se de “uma oportunidade de poder ser uma mais-valia para o território”.

O alcaide de Fuentes de Oñoro, Isidoro Alanis, disse esperar que “o Governo de Espanha copie o Governo português e que dê importância” àquela zona fronteiriça.

Na reunião participaram, para além dos dois secretários de Estado e dos autarcas, representantes da Infraestruturas de Portugal e do Turismo de Portugal, entre outros.

A terceira reunião do grupo de trabalho será realizada no dia 08 de novembro.




Conteúdo Recomendado