Gouveia recebe espetáculo do projeto “Cultura em Rede” das Beiras e Serra da Estrela

A cidade de Gouveia, no distrito da Guarda, vai receber, no sábado, um espetáculo musical que é promovido no âmbito do projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela”.

O “Sintonias Serranas” é um espetáculo visual e sonoro, com foco na música, “que constitui uma reflexão entre o passado e o presente, lançando um olhar em direção ao futuro”, segundo os promotores.

O espetáculo, com entrada gratuita, organizado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE), será apresentado no próximo sábado, dia 23 de novembro, pelas 21h30, no Teatro Cine de Gouveia.

Naquele dia, a cidade de Gouveia volta a receber “Sintonias Serranas”, um espetáculo musical em rede, que conta com a participação de vários músicos de diferentes localidades, que foi apresentado pela primeira vez naquela cidade, na Praça do Município, no início do mês de agosto.

A CIM-BSE refere em comunicado enviado à agência Lusa tratar-se de “um espetáculo visual e sonoro, com imagens, apontamentos e texturas que interagem com melodias, poemas, histórias e testemunhos, numa articulação direta com imagens criadas para o efeito”.

“Sobre textos de Vergílio Ferreira foram criadas coreografias conjuntas unificadoras de personalidades distintas. ‘Sintonias Serranas’ traz-nos melodias e canções que despertam a memória afetiva e palavras que nos descrevem vivências e hábitos que se vivem no território”, é também referido.

A criação e produção do espetáculo é da Coruja do Mato – Cooperativa Cultural e tem direção artística de Tiago Pereira e produção executiva de Diana Caramelo.

O “Sintonias Serranas” conta com a participação de voluntários de todas as idades, provenientes dos concelhos de Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Gouveia, Manteigas e Seia.

Lançado em 2018, o projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” consiste na produção de espetáculos de dança, música e teatro em cada um dos 15 municípios que integram a CIM-BSE.

O projeto cultural, que incluiu a apresentação de 15 espetáculos em formato de festival, durante os meses de julho e de agosto, teve cofinanciamento dos programas Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A CIM-BSE, com sede na cidade da Guarda, é constituída por 15 municípios: 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Meda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).




Conteúdo Recomendado