GNR detém homem em flagrante delito por suspeita por furto em Vila Nova de Foz Côa

Militares da GNR afetos ao Posto Territorial de Foz Côa, no distrito da Guarda, detiveram na segunda-feira, em flagrante delito, um homem de 45 anos por suspeita de furto num estaleiro de obra naquela cidade, foi hoje anunciado.

“Na sequência de uma ação de patrulhamento, os militares da Guarda detetaram movimentos suspeitos no interior do estaleiro de uma obra, surpreendendo o suspeito quando este se preparava para se introduzir no interior do espaço através da vedação”, indicou a GNR, em comunicado.

De acordo com aquela força de segurança, após diligências policiais, apurou-se que o indivíduo trabalhava para a empresa responsável pela obra e que este já tinha acedido anteriormente ao local, onde tinha subtraído diverso material, o qual era depositado pelo suspeito a cerca de 100 metros do local do furto e próximo da sua residência.

“Mantendo a intenção de voltar à obra, o homem deixou propositadamente as grades de acesso posicionadas de forma a facilitar novas incursões”, assegurou a GNR, que remeteu os factos para o Tribunal de Vila Nova de Foz Côa.



Conteúdo Recomendado