Gardunha recebe Ultra Trilhos a 14 de abril

A prova é organizada pela equipa de Trail da Associação do Bairro do Cansado, e conta com o apoio da Junta de Freguesia do Louriçal do Campo e da Câmara Municipal de Castelo Branco.

A Serra da Gardunha vai receber a 14 de abril o primeiro Ultra Trilhos da Gardunha.

Pedro João Serra, presidente da Junta de Freguesia de Louriçal do Campo, considera que esta prova vai “voltar a trazer sorrisos para as gentes da localidade”, depois do incêndio do verão do no passado.

O autarca considera que este é um dia para toda a família “pois além do Ultra Trilhos, com várias distancias, tem também um Game Day, que é um espaço que fica no Ginásio do Colégio, e que servirá não só as crianças, mas também os participantes, já que é um espaço para descontração” afirmou Pedro João Serra na apresentação do evento.

A iniciativa vai ter quatro percursos: Ultra Trilhos de 50km, Trilhos de 22km, Mini-Trilhos de 13km e uma caminhada de 11km.

Pedro João Serra adiantou ainda que esse será um dia para “promoção da freguesia” pois além da prova desportiva, “vamos promover os nossos produtos regionais, a nossa gastronomia e a nossa cultura”.

“Antes divulgávamos a freguesia com uma feira, agora é desta forma, achamos que há que evoluir e esta é uma excelente forma de divulgar a freguesia através do desporto” afirmou o presidente da Junta de Freguesia.

Depois da devastação causada pelos incêndios, é preciso reflorestar a Gardunha, por isso a organização decidiu que por cada inscrição vai ser plantada uma árvore.

João Serra, presidente da Associação do Bairro do Cansado, anunciou que neste momento já estão inscritos 350 atletas, mas “espera-se que esse número aumente, uma vez que as inscrições estão a decorrer até ao próximo dia 24 de março”.

Para Luís Correia, presidente da Câmara de Castelo Branco, este é um momento importante para o concelho.

“Esta era uma prova que estava a ser idealizada há mais de um ano, mas devido à tragédia dos incêndios houve alguns entraves para a sua concretização”. Ultrapassados os problemas iniciais, percebemos todos que “é importante investir na dinamização” da Serra da Gardunha e em todas as comunidades que nela vivem, destacou Luís Correia, presidente da Câmara de Castelo Branco.

“Espero que esta iniciativa seja importante para as populações que viveram momentos difíceis com os incêndios, que aumente a sua autoestima e que seja também um momento de promoção da nossa região. Os percursos da prova foram idealizados de forma a mostrar a riqueza paisagística da região, passando também em localidades como a Aldeia Histórica de Castelo Novo, Alpedrinha, Alcongosta, Souto da Casa e Casal da Serra (S. Vicente da Beira).” explicou o autarca albicastrense.




Conteúdo Recomendado