Fuga de gás obriga a evacuação de escola na Guarda-Gare

Oitenta alunos da Escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico da Estação, na Guarda, foram esta tarde retirados do edifício devido a uma fuga de gás, informou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) local.

A fonte do CDOS disse à agência Lusa que por indicação do médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) da Guarda três crianças foram transportadas para o serviço de urgências do hospital local.

Duas das crianças apresentavam sintomas de má disposição (vómitos) e uma de ansiedade, acrescentou.

Todas as crianças foram retiradas da escola e “transportadas para um local seguro”, disse a mesma fonte.

O alerta para os bombeiros foi dado pelas 14h37.

Segundo o CDOS, pelas 15h30, a origem da fuga de gás era desconhecida e estavam no local “as autoridades a averiguar a situação”.

Acorreram ao local 16 elementos dos Bombeiros Voluntários da Guarda, da PSP, da proteção civil municipal e da VMER, auxiliados por sete viaturas.



Conteúdo Recomendado