Fogo corta troço da EN 18 nas proximidades da Guarda

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda adiantou à agência Lusa, pelas 17 horas, que aquele troço rodoviário estava cortado há cerca de uma hora devido ao fogo que começou na quarta-feira pelas 13:44 em Fernão Joanes e que progrediu para as zonas de Seixo Amarelo, Vela, Aldeia do Bispo e Vale de Estrela.

Segundo a fonte, encontram-se militares da GNR no local que informam os condutores sobre as alternativas à EN 18 que devem seguir consoante se dirijam para a Guarda ou para a zona de Belmonte/Covilhã.

A GNR indicou ainda que o fogo passou pela área da povoação de Aldeia do Bispo e que estava, pelas 17 horas, a propagar-se em direção à aldeia de Vale de Estrela.

“Até ao momento não houve necessidade de evacuar aldeias”, adiantou a mesma fonte da GNR da Guarda.

Pelas 17h15, o fogo, que progredia em três frentes, estava a ser combatido por 370 homens, auxiliados por 105 veículos e dois meio aéreos, segundo a página na internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).




Conteúdo Recomendado