FCS-UBI vai apoiar Unidade de Saúde Pública da Guarda

O grupo já iniciou a preparação para a tarefa que vai desempenhar, através de ações de formação e de observação dos procedimentos implicados na realização dos inquéritos.

Estudantes e docentes da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior (FCS-UBI) vão colaborar com a USP – Unidade de Saúde Pública da Guarda na realização de Inquéritos Epidemiológicos a doentes de COVID-19. O primeiro grupo de voluntários que irá colaborar com a entidade de saúde integra 16 estudantes de cursos de mestrado integrado e doutoramento e, ainda, dois docentes da FCS-UBI.

O grupo já iniciou a preparação para a tarefa que vai desempenhar, através de ações de formação e de observação dos procedimentos implicados na realização dos inquéritos.

Estes elementos, prestes a entrar em funções, são os primeiros selecionados de um conjunto de aproximadamente meia centena de pessoas que manifestaram disponibilidade para apoiar a Unidade de Saúde Pública da Guarda, depois de um apelo feito por esta entidade à FCS-UBI.

O apoio surge numa altura em que os serviços de saúde estão sob grande pressão no combate à pandemia, em que o número crescente de pessoas infetadas e de doentes está a pôr sob enorme tensão todo o serviço de saúde e a criar problemas, dificultando o atendimento e orientação atempada das situações.



Conteúdo Recomendado