Combustíveis sobem pela quarta semana consecutiva

Os combustíveis deverão voltar a aumentar a partir de segunda-feira. Será a quarta semana consecutiva e reflecte, essencialmente, a queda do euro contra o dólar.

Abastecer o depósito de um veículo vai ficar mais caro, cerca de 1,5 cêntimos por litro de gasolina simples de 95 octanas. Já no gasóleo simples o aumento deverá ser de dois cêntimos.

Este aumento será o quarto consecutivo, numa semana em que os derivados do petróleo aumentaram. Ainda assim, o aumento será mais pronunciado devido à queda do euro contra o dólar. Isto porque estas matérias-primas negoceiam em dólares, pelo que a queda do euro acentua a tendência.

O euro foi fortemente afectado pela Reserva Federal (Fed) dos EUA, que além de ter anunciado um aumento de juros de 25 pontos base, revelou a sua previsão sobre futuras subidas, apontando para a possibilidade de três aumentos em 2017. A moeda europeia atingiu na quinta-feira um mínimo de quase 14 anos, abaixo de 1,04 dólares.

Os preços dos combustíveis na bomba estão a subir de forma consistente ao longo do ano, ainda que tenham registado períodos de descidas. O litro do gasóleo está 15% mais alto, ou 15,7 cêntimos, e a gasolina está 8,5% mais caro, ou 11,1 cêntimos.




Conteúdo Recomendado