Distritos de Castelo Branco e Santarém em risco máximo de incêndio

Madalena Rodrigues, meteorologista, adiantou que o dia de hoje vai ser marcado por tempo quente, baixa humidade e vento moderado, situação que não é “favorável ao combate aos fogos”.

Alguns concelhos dos distritos de Castelo Branco e Santarém, afetados por incêndios desde o fim de semana, apresentam hoje um risco máximo de incêndio, temperaturas máximas a rondar os 39/40 graus e baixa humidade, segundo o IPMA.

Em declarações hoje à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Madalena Rodrigues, adiantou que o dia de hoje vai ser marcado por tempo quente, baixa humidade e vento moderado, situação que não é “favorável ao combate aos fogos”.

“Para as regiões afetadas pelos incêndios que pertencem ao distrito de Castelo Branco estão previstos 39 graus e baixa humidade que pode atingir os 15% durante a tarde. Para amanhã [terça-feira] já se prevê uma pequena descida da temperatura máxima e uma ligeira recuperação da humidade relativa nas regiões do interior norte e cento”, explicou.

Entre os quase 40 concelhos hoje em risco máximo de incêndio estão os concelhos de Vila de Rei e Proença-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, e Mação e Sardoal, em Santarém. Há também vários concelhos dos 18 distritos de Portugal continental em risco muito elevado e elevado de incêndio.




Conteúdo Recomendado