Covid-19: Ministra da Saúde considera que dados da taxa de incidência são “sinal encorajador”

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse hoje que os últimos dados sobre a taxa de incidência da covid-19 em Portugal são “um sinal encorajador”, tendo em conta que atualmente está situada em 19% por 100.000 habitantes.

“Um dos indicadores mais comuns que tem sido utilizado na comparação entre os países que é a taxa de incidência nos últimos sete dias, apresenta-se agora, relativamente a Portugal, em 19% por 100.000 habitantes. É um sinal encorajador porque mostra que Portugal está já abaixo de uma taxa de incidência de 20 por 100.000 habitantes”, disse a ministra na conferência de imprensa sobre a atualização de informação referente à pandemia de covid-19.

Marta Temido sublinhou que a taxa de incidência dos últimos 14 dias é “ainda de 43,2% por 100.000 habitantes”, o que mostra que é preciso “continuar a prosseguir os esforços”.

A governante disse também que 56% dos 13.533 casos ativos de covid-19 em Portugal estão na Área Metropolitana de Lisboa, além de ter dado conta que o número de surtos se mantém idêntico ao de sexta-feira.

Segundo Marta Temido, existem 206 surtos ativos, 131 dos quais na Área Metropolitana de Lisboa, 41 na região Norte, 13 no Algarve, 11 no Centro e 10 no Alentejo.

Portugal regista hoje mais duas mortes e 135 novos casos de infeção por covid-19, em relação domingo, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim, desde o início da pandemia até hoje registam-se 48.771 casos de infeção confirmados e 1.691 mortes.

Lisboa e Vale do Tejo, onde se têm registado vários surtos, regista hoje 24.369 casos, 108 mais do que no domingo.


Conteúdo Recomendado