Covid-19: Campanha a favor da Unidade de Saúde da Guarda angaria 87.500 euros

Uma campanha realizada pela Delegação Distrital da Guarda da Associação Nacional de Freguesias (Anafre) angariou 87.500 euros para compra de ventiladores e equipamentos de proteção individual para a Unidade Local de Saúde (ULS), foi hoje anunciado.

A iniciativa “Solidários com a ULS/Guarda” foi dinamizada durante o mês de abril e recolheu fundos em todo o distrito, atribuídos por 100 das 240 Juntas de Freguesia, entidades associativas e religiosas, empresas e particulares, segundo o presidente da Junta de Freguesia da Guarda, João Prata.

O porta-voz do grupo de autarcas que promoveu a ação de angariação de fundos no âmbito da pandemia covid-19 disse hoje que a iniciativa superou as expectativas da organização, que gostaria de ter chegado “ao número redondo” dos 90 ou dos 100 mil euros.

“Mas, ainda assim, 87.500 euros numa campanha que demorou cerca de um mês, aberta a toda a comunidade, tendo começado pelas freguesias do concelho e depois do distrito da Guarda, foi, de facto, uma campanha em que nós ficámos muito satisfeitos e muito contentes pela resposta solidária que encontrámos”, disse hoje o autarca aos jornalistas após a cerimónia de entrega da verba, realizada no Hospital Sousa Martins.

João Prata acrescentou que o donativo é um “testemunho de gratidão” para com todos os profissionais que trabalham na ULS da Guarda e em todo o distrito.

A presidente do Conselho de Administração da ULS, Isabel Coelho, referiu que quando a campanha foi lançada foi destinada a recolher verbas para aquisição de ventiladores e para equipamentos de proteção individual, mas, posteriormente, deixou de haver necessidade de ser “canalizada para ventiladores”.

“Portanto, em princípio, a verba vai ser canalizada toda para aquilo que vai proteger os nossos profissionais, que são os equipamentos de proteção individual”, referiu.

Acrescentou que está combinado com o elo de ligação da ULS com a Anafre/Guarda, Bruno Pina, enfermeiro e presidente da Junta de Freguesia de Vila Fernando, que, caso surja “alguma outra necessidade de um outro equipamento”, a receita será também destinada para esse fim.

Segundo Luís Ferreira, diretor do serviço de pneumologia e coordenador da equipa multidisciplinar para a covid-19 na ULS/Guarda, no Hospital Sousa Martins estão atualmente “quatro doentes internados” com o coronavírus e dois deles na Unidade de Cuidados Intensivos.

A unidade de saúde “reduziu muito a área afeta ao covid, assim como os profissionais que regressaram aos serviços de origem” porque está a “retomar a atividade habitual e houve essa necessidade de reafetar o pessoal”, disse aos jornalistas.

Na sessão esteve também o vice-presidente da Câmara Municipal da Guarda, Vítor Amaral, que felicitou a Anafre/Guarda pela “força” da iniciativa que representa a importância das autarquias locais “no apoio às causas comuns”.

O autarca observou ainda que a Guarda e a ULS “têm dado um exemplo nacional” no trabalho para “minimizar os efeitos da pandemia” causada pela covid-19.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 302 mil mortos e infetou quase 4,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios.



Conteúdo Recomendado