Covid-19: Câmara da Guarda autoriza instalação de esplanadas no centro histórico

A Câmara Municipal da Guarda autorizou a instalação de esplanadas na Praça Velha e na rua Francisco de Passos, no centro histórico, com o objetivo de ajudar na recuperação económica dos negócios afetados pela pandemia da covid-19.

A medida autárquica iniciou-se na Praça Velha, com a permissão de funcionamento de esplanadas para quatro bares daquela zona central da cidade e estendeu-se, na sexta-feira, à rua Francisco de Passos, também conhecida localmente por rua Direita.

Segundo o presidente da autarquia, Carlos Chaves Monteiro, o município autorizou a instalação de esplanadas na via pública para que os empresários de restaurantes e de bares do centro histórico possam ter “algum dinamismo” no negócio que foi afetado pela pandemia.

O autarca referiu que a instalação temporária dos quatro bares na Praça Velha, no largo da Sé Catedral, foi tomada porque os empresários do setor das bebidas alojados na parte antiga da cidade “não recebiam um único cliente”.

“Nós [Câmara Municipal] quisemos, com esta solução, potenciar um pouco a economia e os serviços que [os empresários dos bares] prestam à comunidade e, com isto, manter a sua empresa ainda com algum dinamismo. Daí eu saber que aqueles bares que têm o espaço cedido pela Câmara na Praça Velha estão melhor do que estavam”, relatou Carlos Chaves Monteiro à agência Lusa.

Segundo o responsável, numa solução destas, foram criados espaços ao ar livre, com distanciamento físico e com segurança, como é exigido pelas autoridades de saúde.

Referiu também que a rua Francisco de Passos foi encerrada ao trânsito na sexta-feira para ajudar os empresários dos cafés e dos restaurantes, evitar riscos de contágio e aumentar a segurança dos consumidores e, ao mesmo tempo, “manter alguns hábitos de vida que a pandemia limitou”.

No âmbito da instalação de esplanadas de apoio aos estabelecimentos localizados nesta artéria, o trânsito vai estar condicionado até ao dia 31 de agosto, entre as 11h00 e as 23h00.

Segundo o município da Guarda, durante este período, na rua Francisco de Passos, as cargas e descargas devem ser efetuadas até às 11h00 de cada dia.

A autarquia solicita “especial atenção” para a sinalização no local e apela à “compreensão de todos” para eventuais constrangimentos.




Conteúdo Recomendado