Castelo Branco iniciou Plano de Sustentabilidade Ambiental com oferta de livros

O município deu assim início à execução do Plano Municipal para a Sustentabilidade Ambiental que, numa primeira fase, vai desenvolver o projeto pedagógico “O Ciclo Urbano da Água”.

A Câmara de Castelo Branco iniciou ontem o Plano Municipal para a Sustentabilidade Ambiental com a entrega de material pedagógico aos agrupamentos de escola do concelho, numa iniciativa que vai envolver 1.969 crianças do 1.º ciclo e do pré-escolar.

“Temos consciência e estamos a tomar medidas e ações em relação às alterações climáticas, mas não podíamos ficar apenas nas ações que definimos nessa matéria. Era necessário fazer também um plano de ação para a educação, para a sustentabilidade, de forma que os nossos meninos, na escola, possam aprender desde muito cedo todas estas questões da sustentabilidade ambiental”, explicou o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

O autarca falava durante uma cerimónia simbólica da entrega do material didático aos agrupamentos de escola do concelho de Castelo Branco, que decorreu na sede do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares e que serviu também para assinalar o Dia Nacional da Água.

O município deu assim início à execução do Plano Municipal para a Sustentabilidade Ambiental que, numa primeira fase, vai desenvolver o projeto pedagógico “O Ciclo Urbano da Água” ao longo do ano letivo de 2019-2020.

Este projeto abrange o envolvimento de 1.969 crianças, 104 turmas, 21 bibliotecas escolares e cerca de 200 docentes, sendo que o município ofereceu, para o efeito, 2.249 livros sobre o Ciclo Urbano da Água, que vão ser trabalhados nas turmas de educação pré-escolar e do 1º ciclo.

“É isso que estamos a promover. O conjunto de materiais que entregamos hoje, simbolicamente, às escolas, para que possam também ser atores, em termos educativos, no sentido de preservar o nosso ambiente e os nossos recursos”, frisou.

Ainda durante outubro, o município de Castelo Branco fará chegar mais 215 livros sobre o Ciclo Urbano da Água à Biblioteca Municipal e a instituições privadas de educação pré-escolar e do 1º ciclo.

O Plano Municipal de Educação para a Sustentabilidade Ambiental foi lançado em março de 2019 e pretende contribuir para a utilização de metodologias capazes de propiciar aos alunos experiências de aprendizagens ricas e significativas em situações de participação e onde se conjuguem de forma harmoniosa o “aprender a aprender” e o “aprender a viver”, duas realidades que se encontram e se fundem ao longo de todo o processo educativo.




Conteúdo Recomendado