Alfaiates é hoje palco de Capeia Arraiana

Hoje, dia 17 de agosto, há capeia arraiana antecedida de encerro em Alfaiates, no concelho do Sabugal.

Hoje, dia 17 de agosto, a localidade de Alfaiates, no concelho do Sabugal, promove a tradição que atrai muitos visitantes ao concelho raiano.

O Encerro realiza-se logo de manhã e consiste na recolha e encaminhamento dos touros para o curral ou currais preparados junto à praça. A recolha dos animais faz-se atualmente a partir da herdade/lameiro para a qual foram trazidos temporariamente, após o transporte, efetuado dias antes, das ganadarias onde o seu aluguer para o Encerro foi contratado. A recolha dos touros é efetuada por cavaleiros com o auxílio de cabrestos, (touros castrados) e vacas mansas, utilizadas não apenas para encorajar os touros no seu percurso para a povoação e assegurar o seu Encerro no curro, mas também nas próprias capeias, para auxiliar a entrada e a retirada na praça dos touros mais renitentes.

A Capeia Arraiana é uma manifestação tauromáquica específica de algumas povoações do concelho do Sabugal próximas da fronteira com Espanha, que se caracteriza e singulariza das demais formas populares de manifestações tauromáquicas, pelo facto de a lide do touro bravo ser efetuada coletivamente, com o recurso do Forcão, onde constituem componentes públicas da prática o Encerro e o Boi da prova, que precedem a Capeia, e o Desencerro, com o qual ela termina.

Nos outros dias, o ciclo das capeias arraianas irá realizar-se nas seguintes localidades:  Forcalhos (19 de agosto), Fóios (20 de agosto) e Aldeia Velha (25 de agosto).

A Capeia Arraiana, que anualmente atrai milhares de pessoas à região transfronteiriça é reconhecida como Património Cultural Imaterial de Interesse Municipal, bem como se encontra registada no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial (PCI).




Conteúdo Recomendado