Câmara de Idanha-a-Nova transforma Monsanto GeoHotel em hotel bio

O Monsanto GeoHotel Escola vai ser transformado em hotel bio, decisão que surge após a adesão do município de Idanha-a-Nova à Rede Internacional Bio Regiões.

“Vamos transformar o Monsanto GeoHotel Escola em hotel bio. Para isso, temos que cumprir um conjunto de requisitos, como a utilização de alimentos 100% biológicos e regras energéticas”, explicou o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto.

O autarca adiantou que o processo já está em curso, sendo que para o efeito vão ser implementadas algumas alterações na unidade hoteleira, como a operacionalização da cozinha.

Localizado na aldeia histórica de Monsanto, no território do Geopark Naturtejo da Meseta Meridional, este equipamento hoteleiro foi criado numa parceria entre a Câmara de Idanha-a-Nova, a Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova e o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento.

O Monsanto GeoHotel Escola é um hotel de três estrelas que foi renovado em 2014. Possui dez quartos totalmente equipados.

Entre 1993 e 2004 foi Pousada de Portugal.

Armindo Jacinto adiantou ainda que foi já decidido que o primeiro congresso internacional das biorregiões vai decorrer em Monsanto, sendo que a data ainda não foi definida: “Pode ser ainda durante este ano ou no próximo”.



Conteúdo Recomendado