Bombeiros vão receber 20 milhões em 2009

No âmbito do Programa Permanente de Cooperação No próximo ano, as associações de bombeiros vão receber cerca de 20 milhões de euros no âmbito do Programa Permanente de Cooperação (PPC).   Segundo fonte do Ministério da Administração Interna (MAI), o financiamento aos corpos de bombeiros através do PPC já foi aplicado este ano e faz […]

No âmbito do Programa Permanente de Cooperação

No próximo ano, as associações de bombeiros vão receber cerca de 20 milhões de euros no âmbito do Programa Permanente de Cooperação (PPC).
 
Segundo fonte do Ministério da Administração Interna (MAI), o financiamento aos corpos de bombeiros através do PPC já foi aplicado este ano e faz a transição entre o regime anterior, assente em protocolos, e o futuro, que será feito de acordo com indicadores de risco.
 
O MAI anuncia ainda que o PPC terá em 2009 uma actualização de três por cento, tendo sido atribuído este ano às associações de bombeiros cerca de 19 milhões de euros.
 
O Programa Permanente de Cooperação é um dos instrumentos de apoio às corporações de bombeiros, existindo ainda contratos de desenvolvimento destinados ao combate a incêndios florestais e à criação das Equipas de Intervenção Permanente (EIP), montantes que ainda não estão determinados para o próximo ano.
 
Fonte do MAI disse, em declarações à agência Lusa, que o valor global para o combate a incêndios florestais só será determinado depois de ser feita a avaliação do dispositivo deste ano e o correspondente estudo para 2009, situação que também se aplica para as EIP, cuja verba total a disponibilizar depende do número de equipas que serão criadas.
 
Este ano, o valor estimado das transferências da Autoridade Nacional de Protecção Civil para as associações de bombeiros ultrapassou os 60 milhões de euros.



Conteúdo Recomendado