Bombeiros da Mêda com posto de emergência médica em julho

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) vai sediar na corporação de bombeiros da Mêda um posto de emergência médica (PEM). O serviço começa a funcionar em julho.

Trata-se de um dos 25 PEM anunciados na passada quinta-feira pelo INEM, que, a partir do próximo mês, terá 300 ambulâncias em 257 dos 278 concelhos do país. Os postos PEM são ambulâncias de socorro operadas nos corpos de bombeiros e que são entregues pelo INEM com as características técnicas, sanitárias, equipamento e material normativamente exigidos. Segundo o Instituto, destes 25 PEM, sete já estavam previstos no plano de 2014 e transitaram para 2015, 15 estavam planeados para este ano e três foram antecipadas de 2016, acrescenta o INEM. O INEM adianta ainda que em julho vão entrar em funcionamento duas VMER (Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação), sete SIV (Ambulâncias de Suporte Imediato de Vida), treze AEM (Ambulâncias de Emergência Médica) e cinco MEM (Motos de Emergência Médica). O investimento é de 3,5 milhões de euros, a que acresce um custo operacional anual de 19 milhões de euros.




Conteúdo Recomendado