Beiras e Serra da Estrela recomenda fecho de espaços de utilização coletiva

Em todo o mundo, o novo coronavírus já infetou mais de 124 mil pessoas e provocou mais de 4.500 mortos.

A Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela recomenda o adiamento de eventos que envolvam a presença de 100 pessoas em espaços fechados ou de mais de 1.000 pessoas em espaços ao ar livre, foi hoje anunciado.

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) reuniu na quarta-feira, na Câmara Municipal de Pinhel, e “determinou recomendar, a todos os organizadores de eventos, o adiamento dos mesmos, caso envolvam potencialmente a presença de 100 pessoas em espaços fechados ou de mais de 1.000 pessoas em espaços ao ar livre”.

Na mesma reunião, segundo um comunicado, aquele órgão autárquico aprovou também “a recomendação para o encerramento de espaços municipais de utilização coletiva com maior potencial de disseminação viral (piscinas municipais, pavilhões desportivos)”.

Na nota é ainda referido que a CIM-BSE, que tem sede na cidade da Guarda, “face à situação de emergência provocada pelos riscos de alastramento da contaminação por Covid-19 e às recomendações emanadas pela Direção-Geral de Saúde (DGS), determinou a realização de uma reunião de urgência dos responsáveis municipais pela área da Proteção Civil, tendo como objetivo a harmonização dos planos de contingência municipais”.

A CIM-BSE é constituída por 15 municípios: 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Meda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou a doença Covid-19, provocada pelo novo coronavírus, que surgiu na China em dezembro de 2019, como pandemia.

Portugal registava na quarta-feira 59 casos de infeção pelo novo coronavírus. A região Norte continua a registar o maior número de casos confirmados (36), seguida da Grande Lisboa (17) e das regiões Centro e do Algarve (três cada).

As medidas já adotadas em Portugal para conter a pandemia incluem, entre outras, a suspensão das ligações aéreas com a Itália, a suspensão ou condicionamento de visitas a hospitais, lares e prisões, e a realização de jogos de futebol sem público.

Em todo o mundo, o novo coronavírus já infetou mais de 124 mil pessoas e provocou mais de 4.500 mortos.




Conteúdo Recomendado