Banco Alimentar Contra a Fome promove nova campanha de recolha de alimentos

A iniciativa terá lugar no próximo fim de semana, dias 25 e 26 de maio, em várias lojas da região da Beira Interior.

A campanha decorrerá em lojas da região da Beira Interior, com voluntários identificados, à porta dos supermercados que convidam quem vai às compras a partilhar alimentos com quem precisa.

Segundo o Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira (BACB), “constitui-se assim uma vez mais esta rede social real, onde partilhar ganha mais sentido.”

Para quem queira ajudar, os produtos não perecíveis (como leite, azeite e óleo, açúcar, conservas, bolachas, grão e feijão, massas, cereais, arroz, farinha, etc.) são recomendados pela facilidade de preservação.

Campanha Online e “Ajuda Vale”
Para quem não tem oportunidade de ir ao supermercado no fim de semana, mas não quer deixar de contribuir, o Banco Alimentar disponibiliza até 2 de junho o portal de doação online em alimentestaideia.pt, bastando um simples clique para doar alimentos a famílias com necessidades comprovadas.

Em alternativa, e até 2 de junho, está disponível a campanha “Ajuda Vale” nos supermercados, no âmbito da qual é possível contribuir com vales disponíveis nas caixas que equivalem a um produto (por exemplo, “1 litro de azeite”, “1 litro de leite, “1 lata de atum“) e dispõem de um código de barras próprio. Ao efetuar o pagamento, o dador entrega o vale na caixa registadora, paga, ficando os produtos identificados no talão de caixa. A logística de entrega aos Bancos Alimentares fica a cargo de cada uma das cadeias de distribuição.

O Banco Alimentar é a única instituição da região da Beira Interior que faz um trabalho permanente de recolha de alimentos não perecíveis (excedentes da indústria agroalimentar e donativos empresariais e particulares), fornecendo alimentos a instituições que, no terreno, apoiam crianças, jovens, adultos e idosos que vivem numa verdadeira situação de pobreza.

Segundo o BACB, “mais de 600 voluntários na Beira Interior vão oferecer o seu tempo e esforço na ação de recolha que beneficia 4 mil pessoas através de 34 instituições de solidariedade.”




Conteúdo Recomendado