Associação Transumância e Natureza promove Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina

A iniciativa terá lugar nos dias 20, 21 e 22 de junho.

A Associação Transumância e Natureza (ATN), em parceria com a SPEA, o CERVAS, o ICNF – Parque Natural do Douro Internacional – e o Município de Figueira de Castelo Rodrigo organizam a VII Edição do Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina, no próximo fim de semana. O curso intensivo pretende dar a conhecer a avifauna da região do Douro Internacional e do Vale do Côa, com atividades de identificação guiadas por formadores especializados, e ensinar a identificar rapinas, desde rupícolas a aves noturnas. O curso intensivo conta com a presença dos formadores Carlos Pacheco, Jorge Amaral, Ricardo Brandão e José Jambas e o programa inclui uma visita à Reserva da Faia Brava, um módulo teórico intensivo, dois dias de observações no campo, ao longo do Parque Natural do Douro Internacional (PNDI) e atividades de chamamento de rapinas nocturnas. O curso inclui uma refeição,  seguro, material teórico, transporte nas saídas de campo e binóculos. Há possibilidade dos participantes ficarem alojados num espaço cedido pela Câmara Municipal, sendo necessário cada participante trazer o seu saco-cama e colchonete. O preço é de 125€ por pessoa, mas os sócios da ATN e da SPEA pagam apenas 95€.. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas para o email: geral@atnatureza.org. Para mais informações contacte a ATN pelo 271 311 202 ou 914 678 375.

Programa

20 de junho (sexta-feira)

10h14 – Visita à Reserva da Faia Brava (opcional)
Almoço livre na Reserva
14h30 – Encontro em FCR e recepção de participantes
15h00-18h30 – MÓDULO TEÓRICO I Introdução à identificação de aves de rapina
15h00-16h00 Técnicas de Observação e Identificação de Aves de Rapina (formador: José Jambas)
16h00-17h00 Casos práticos de Identificação de Aves de Rapina do PNDI (formador: Jorge Amaral)
17h00 – 17h30 Coffee break
17h30-18h30 Variações na Plumagem e Determinação de Idade em Aves de Rapina (formador: Carlos Pacheco)
Tempo livre
20h00  21h30 Jantar oferecido pela organização
21h30 – 22h MÓDULO TEÓRICO II Estudos de investigação sobre aves de rapina
Alimentadores de abutres e a conservação do Britango (Eduardo Realinho)
22h – 23h30 Rapinas noturnas
Atividade de chamamento (formador: Carlos Pacheco)
Dormida em Figueira de Castelo Rodrigo

21 de junho (sábado)

09h00 – 13h00 MÓDULO PRÁTICO I Aves de Rapinas de zonas agroflorestais
Caminhada e percurso em autocarro Vilar Torpim-Vermiosa
Barragem de Sta Maria de Aguiar
13h00 – 14h30 Almoço no Santo André
14h30 – 17h30 MÓDULO PRÁTICO II Introdução ao estudo e monitorização de aves rupícolas
Censo de Grifos nidificantes, Parque Natural do Douro Internacional (Santo André, rio Águeda)
Prática de identificação de colónias, ninhos e determinação de idades de adultos e juvenis (formadores: José Jambas, João Quadrado, Ricardo Brandão, Carlos Pacheco, Jorge Amaral)
17h30 – 18h30 Transporte até Figueira de Castelo Rodrigo
Tempo livre
20h00 – 22h30 Jantar e MÓDULO TEÓRICO III Ameaças e soluções na conservação das aves de rapina Linhas elétricas
Abate Ilegal e Veneno (Ricardo Brandão, CERVAS)
Recursos tróficos (ATN e FNyH, projecto LIFE+)
 
22 de junho (domingo)

9h30 – 17h30 MÓDULO PRÁTICO III Identificação de Aves de Rapina e Conservação de aves rupícolas do P.N. Douro Internacional e P.N. Arribes del Duero
(formadores: José Jambas, João Quadrado, Ricardo Brandão, Carlos Pacheco, Jorge Amaral)
9h30 – 13h00 Itinerário em autocarro com paragens em pontos-chave para observação de aves  (Alto da Sapinha e Penedo Durão)
13h00 – 14h00 Pausa livre para almoço (picnic no Penedo Durão)
14h00 – 15h00 Transporte até Puerto de la Molinera (Lumbrales)
15h00 – 17h00 continuação de observação e identificação de rapinas
17h00 – 18h15 Transporte até Figueira de Castelo Rodrigo



Conteúdo Recomendado