Aptiv (ex-Delphi) fica a trabalhar apenas a 20 por cento

A empresa decidiu entrar em lay-off neste período e indicou 13 de abril para o regresso ao trabalho.

A empresa Aptiv (ex-Delphi), de Castelo Branco, vai continuar a laborar apenas 20 por cento dos seus 848 trabalhadores. De 6 a 9 de abril, os restantes empregados vão para casa.

A empresa decidiu entrar em lay-off neste período e indicou 13 de abril para o regresso ao trabalho. Neste grupo estão ainda 100 trabalhadores com vínculo a uma empresa de trabalho temporário que decidiu rescindir contrato, mas aos quais a empresa garantiu chamar logo que a laboração seja retomada.

Assim 181 funcionários vão continuar a trabalhar naquela que é a maior empresa de Castelo Branco, assegurando a elaboração de uma encomenda para a marca John Deere (tratores).

Segundo o dirigente sindical, Ildeu Correia, do Sindicato Nacional da Indústria e da Energia, que reuniu com a direção geral, esta é a melhor opção face ao facto da laboração ter descido devido aos clientes de Itália e da Alemanha estarem praticamente fechados, sem manterem as encomendas.

“O ramo automóvel é inconstante e enquanto as marcas não reanimarem, o futuro é uma incerteza. Estamos confiantes que melhores dias virão e a empresa correspondeu às nossas preocupações”, acrescenta.




Conteúdo Recomendado