Altice Portugal assegura comunicações de fibra ótica na aldeia de Marinha de Vale do Carvalho

A pequena aldeia de Marinha de Vale do Carvalho, no concelho da Sertã, no distrito de Castelo Branco, passa agora a ter conetividade de última geração e de alto débito através de fibra ótica da Altice Portugal.

Sem comunicações de rede fixa desde os incêndios de 2017, e apesar das reivindicações dos cerca de 20 habitantes e das cartas enviadas pelos autarcas da Sertã à ANACOM e ao operador NOS, à data prestadora do Serviço Universal de Rede Fixa, a aldeia de Marinha de Vale do Carvalho, vai passar agora a ter conetividade de última geração e de alto débito através de fibra ótica da Altice Portugal.

Sem nunca obter resposta por parte das duas entidades, a Câmara Municipal da Sertã reuniu com a Altice Portugal para encontrar uma solução para o problema que se encontra por resolver há dois anos. Face a esta situação, a Altice Portugal “sempre deu garantias que, caso os responsáveis nada fizessem, as pessoas não ficariam sem conetividade. Aliás, apesar de não ser o Prestador Serviço Universal de Rede Fixa, a Altice Portugal foi muito além das suas responsabilidades, tendo oferecido soluções alternativas de comunicações através de Rádio ou Satélite para garantir a estas populações o acesso.“, lê-se na nota informativa da Altice.

Na passada sexta-feira, dia 21 de junho, numa reunião com a Altice Portugal, representada pelo seu Chief Technology Officer, Luís Alveirinho, onde esteve presente José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, e Manuel Nogueira Figueiredo, presidente da Junta de Freguesia do Troviscal, colocaram um ponto final no problema, garantindo a cobertura da aldeia com fibra ótica.

José Farinha Nunes, Presidente da Câmara Municipal da Sertã, mostrou-se “extremamente satisfeito com a Altice em relação ao trabalho que tem feito até hoje e estou convencido que este processo vai terminar bem porque a Altice tem cumprido os seus compromissos”. Uma satisfação partilhada também pelo Presidente da Junta de Freguesia do Troviscal.

Após uma conversa com a população e os autarcas, o Presidente Executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, encontrou a solução para os problemas de conectividade da aldeia da aldeia, referindo que “o presente e o futuro da Altice Portugal são aquilo pelo qual respondemos e nos comprometemos: um presente de Inovação e Investimento, um futuro de Crescimento e Liderança, nunca esquecendo os que mais precisam, muitas vezes, por residirem em localidades no interior do país. A Altice Portugal discrimina positivamente.”

Segundo uma nota informativa, por todo o país, e em mais de 50 concelhos, a Altice Portugal substituiu-se às entidades que tinham a responsabilidade de repor os Serviços de Telefone Fixo, tendo construído milhares de quilómetros de infraestrutura de fibra ótica, dando resposta aos anseios e pedidos de centenas e centenas de portugueses, resposta essa que não obtinham nem da ANACOM nem do operador NOS, prestador do Serviço Universal de Rede Fixa.




Conteúdo Recomendado