Trancoso com rede de transporte coletivo que garante mobilidade em todo o concelho

O custo de cada viagem na ligação diária à cidade e no transporte a pedido é de um euro e no circuito urbano tem o valor de 50 cêntimos.

O Município de Trancoso, no distrito da Guarda, inicia na segunda-feira um projeto de mobilidade que oferece uma alternativa económica de transporte público aos habitantes das localidades mais afastadas da sede de concelho, foi hoje anunciado.
Segundo a autarquia de Trancoso, presidida por Amílcar Salvador (PS), com esta medida a autarquia pretende disponibilizar uma oferta de transporte público “adaptado às necessidades da população”.
O projeto denominado Trancoso SIM – Solução Integrada de Mobilidade que será apresentado hoje é pioneiro naquele município e pretende “complementar os circuitos existentes para a população mais distante e/ou sem meios próprios de mobilidade”.
“A rede Trancoso SIM resulta de um desafio lançado pela Câmara Municipal ao operador [de transportes de passageiros] Transdev que, em conjunto, desenvolveram uma solução integrada de mobilidade”, explica a autarquia de Trancoso em nota hoje enviada à agência Lusa.
A fonte adianta que o novo sistema de transportes coletivos combina cinco circuitos, um por cada dia útil, de ligação da periferia ao centro de Trancoso, um circuito urbano que liga diariamente alguns dos pontos principais da cidade e, ainda, um sistema de transporte a pedido.
Os circuitos de ligação da periferia ao centro de Trancoso serão realizados todos os dias às 09:30, acontecendo o regresso às 12:45.
“A ideia é permitir que os munícipes possam ter ao seu dispor meios de transporte adequados às suas necessidades e que lhes permitam circular, a um preço meramente simbólico, pelas diversas freguesias e deslocar-se à sede de concelho”, é justificado.
O município esclarece que o serviço de transporte a pedido “cobre localidades que não são abrangidas por nenhum dos circuitos” e implica a marcação prévia da viagem, com um dia de antecedência.
O custo de cada viagem na ligação diária à cidade e no transporte a pedido é de um euro e no circuito urbano tem o valor de 50 cêntimos.
O novo serviço também garante ligações especiais entre Trancoso e a estação da CP de Vila Franca das Naves, na linha da Beira Alta, à sexta-feira e aos domingos, pelo custo de um euro cada viagem.
A autarquia de Trancoso adianta que até ao dia 31 de dezembro toda a população e os visitantes são convidados a experimentar gratuitamente o novo serviço de transportes.
A apresentação pública do projeto de mobilidade está marcada para sexta-feira, às 10:00, no auditório do Pavilhão Multiusos de Trancoso.




Conteúdo Recomendado