Televisão através de fibra ótica cresce 30% num ano

No final do 2.º trimestre de 2015 (2T15), existiam 3,43 milhões de assinantes do serviço de televisão por subscrição (TVS), o que traduz um crescimento de 1,1% face ao trimestre anterior e de 5,6% relativamente a idêntico período de 2014.

O crescimento do serviço deveu-se sobretudo às ofertas suportadas em fibra ótica (FTTH/B), cujo número de subscritores aumentou 6,6% em relação ao trimestre anterior e 30,1% face ao período homólogo de 2014.

Em termos tecnológicos, o serviço de distribuição de TV por cabo representava 39,5% do total de assinantes, enquanto o xDSL representava 22%. A fibra ótica (FTTH/B) representava 20,8% do total de assinantes, sendo a tecnologia que mais tem vindo a crescer, seguindo-se o serviço de TV por satélite (DTH), que era utilizado por 17,7% do total de subscritores.

Em termos de modalidade de contratação do serviço de TV’s, a larga maioria dos assinantes opta pela sua aquisição integrada em pacote. No final do 2T15, esta era a opção de 2,95 milhões de assinantes de TV’s, um aumento de 2,6% face ao trimestre anterior e de 12,9% comparativamente com o 2T14. O Grupo Altice detinha a quota mais elevada de assinantes de TV’s (47,1%), seguindo-se o Grupo NOS e a Vodafone com quotas de 43,7% e 9%, respetivamente.

Quanto ao volume de negócio, os dados do 2T15 indicam que as receitas totais do serviço de TV’s (stand-alone e pacotes que englobam este serviço) totalizaram 826 milhões de euros, sendo os pacotes triple/quadruple/quintuple play os principais impulsionadores do crescimento da receita.

Refira-se ainda que, no final do 2T15, cerca de 17% dos lares com TV’s tinham acesso a canais premium (uma diminuição de 0,9 pontos percentuais face ao trimestre anterior), enquanto 70,8% dispunham de mais de 80 canais (um aumento de 9,2 pontos percentuais em termos homólogos). O nível de utilização das funcionalidades do serviço de TV’s continua a aumentar, verificando-se que, no 2T15, cerca de 68% dos assinantes utilizaram pelo menos uma das funcionalidades disponíveis, sendo as gravações automáticas o serviço mais usado.

Consulte o relatório estatístico aqui.




Conteúdo Recomendado