Sp. Covilhã vence União da Madeira nos descontos

Um golo marcado no período de compensação, por Erivelto, deu a vitória ao Sporting da Covilhã, por 1-0, na receção ao União da Madeira na 21ª jornada da 2.ª Liga.

As duas equipas, separadas por apenas um ponto na classificação, entraram cautelosas e essa foi a tónica dominante durante toda a primeira metade, jogada com pouca intensidade. Nenhuma das formações quis arriscar e tanto o Sporting da Covilhã como o União da Madeira preferiram jogar pelo seguro, sem assumirem o jogo e à espera do erro do adversário.

Os lances de ataque, de parte a parte, não se traduziram em finalizações perigosas e a única ocasião flagrante surgiu ao minuto 37, quando Trigueira sacudiu com uma palmada o cruzamento de Zé Tiago, Djikiné não conseguiu rematar e a bola sobrou para Diogo Coelho, que viu Stephane evitar o golo em cima da linha de baliza.

No segundo tempo, as equipas continuaram muito encaixadas, ambas a dar primazia à organização defensiva, embora o Sporting da Covilhã tenha subido no terreno. Só ao minuto 74 se voltou a assistir a uma jogada de perigo, novamente pelo Sporting da Covilhã, quando Gilberto arrancou pela direita e cruzou para Erivelto na área, mas o brasileiro foi perdulário. Quando já passavam três minutos dos 90, Traquina cruzou para o segundo poste e Taui serviu Erivelto à boca da baliza para marcar o golo da vitória dos serranos.




Conteúdo Recomendado