Cáritas cedeu uma casa à família que viveu em garagem na Guarda

Cáritas cedeu uma casa à família, que recebeu ajuda de famílias de Leiria e de Vila Real.

Fernanda Moutinho, grávida, de 30 anos, e Licínio Correia, de 21, viveram quase um mês numa garagem emprestada por um vizinho, sem água canalizada, eletricidade e esgotos, no Barracão (Guarda). “Não dormimos na rua por pouco”, conta a mulher, que não contém as lágrimas quando agradece a ajuda. Fernanda tinha “muito medo de não conseguir dar o mínimo de condições ao bebé”, mas o receio já passou.

A Cáritas cedeu uma casa, fornece alimentação e conforto. Três famílias – duas de Leiria e uma de Vila Real – deram, num gesto solidário, vestuário para a criança e um carrinho de bebé. Licínio tem o rosto fechado e sorri pouco. “Quero muito trabalhar. Gostava de ir cortar mato, tenho experiência”. A companheira e futura mãe do filho “faz limpezas, trabalha em restaurantes”. O que vier à rede é para agarrar, garante. “Não quero que o meu filho passe pelo que eu passei”.

A família vive agora numa casa recuperada no centro histórico da Guarda. Já se inscreveram no Instituto do Emprego e Formação Profissional.



Conteúdo Recomendado