Sistema de bicicletas elétricas retomado a 19 de abril em Seia

O sistema ‘Ginga’ “tem registado uma crescente utilização, contabilizando no curto período que esteve em funcionamento (de outubro de 2020 a janeiro de 2021) um total de 480 viagens”, que correspondem a 528 quilómetros percorridos pelos utilizadores.

O sistema de bicicletas elétricas da cidade de Seia, denominado “Ginga”, que está suspenso desde o dia 25 de janeiro, volta a estar disponível ao público no dia 19 de abril, foi hoje anunciado.

Composto por um total de 15 bicicletas e três locais de parqueamento na cidade, o sistema de uso partilhado de bicicletas, “visa ser uma alternativa de deslocação aos modos de transporte habituais, mas não poluente, quer para as tarefas do dia-a-dia dos cidadãos, quer para as atividades de lazer, cultura ou turismo, para além de promover o exercício físico”.

Segundo o município de Seia, apesar das várias condicionantes verificadas na operacionalização deste novo conceito de mobilidade urbana, o sistema ‘Ginga’ “tem registado uma crescente utilização, contabilizando no curto período que esteve em funcionamento (de outubro de 2020 a janeiro de 2021) um total de 480 viagens”, que correspondem a 528 quilómetros percorridos pelos utilizadores.



Conteúdo Recomendado