Sarau Cultural “O Século em que a Terra Parou” no Teatro-Cine em Gouveia

O Teatro Cine de Gouveia acolhe no próximo dia 31 de maio, o sarau cultural “O Século em que a Terra parou”, produzida pelo Instituto de Gouveia – Escola Profissional.

O Instituto de Gouveia – Escola Profissional vai realizar o Sarau Cultural, denominado “O Século em que a Terra parou”, no próximo dia 31 de maio, pelas 21h30, no Teatro-Cine, em Gouveia. Este ano, o sarau é dedicado “ao século XX e às várias agressões à humanidade que neste século se impuseram”, refere uma fonte da organização.  

A coordenação geral do espetáculo é de Daniel Rocha, sendo a encenação partilhada com a professora de dança Cátia Costa (também responsável pelas Coreografias) e com o animador João Nascimento (também responsável pela Cenografia). Também o pianista Hugo Passeira, o ator Diogo Cardona e o jovem actor Sérgio Rocha têm uma participação especial neste Sarau.

O espetáculo é organizado pelo Instituto de Gouveia, em parceria com a Câmara Municipal de Gouveia, a Banda de Instrução e Recreio de Paços da Serra, a Liga dos Combatentes, o Orfeão da Santa Casa da Misericórdia de Gouveia e a Escola Velha – Teatro de Gouveia.

 

 

SINOPSE

Na voragem intensa dos tempos, eis que o século XX se impõe como motor veloz da evolução da humanidade. Mas será mesmo evolução? A ambiguidade do século traz consigo a desumanidade e os novos tempos são de guerra e de subjugação dos povos. O Homem surge então no centro da ação e na sua ânsia de sobreviver tudo faz para subir na vida.

 

“O Século em que a Terra Parou” é uma peça de teatro de Daniel Rocha que faz uma leitura do século XX e da ambição humana através de acontecimentos marcantes para Gouveia e para Portugal, assinalando-se ainda figuras (Sophia de Mello Breyner Andresen) e datas de grande relevo nacional e internacional (início da 2.ª Guerra Mundial) que se celebram no ano de 2019.




Conteúdo Recomendado