Projeto PRA-TØ vai lutar contra o desperdício alimentar

O projecto PRA-TØ, que pretende implementar modelos de boa gestão no combate ao desperdício alimentar por entidades públicas e privadas ou pessoas, foi esta semana apresentado em Lisboa.

Uma iniciativa da Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar e da sociedade civil, o PRA-TØ lançou um concurso, cujas candidaturas decorrem até 10 de junho, premiará o que de melhor se faz no país no combate ao desperdício alimentar em cinco áreas: iniciativa de mobilização, melhores práticas, voluntariado, receita das sobras ou comunidade alimentar sustentável.

Os critérios de avaliação de candidatura diferem de acordo com a categoria, mas a originalidade e a criatividade da iniciativa e acção no combate ao desperdício alimentar é comum a todas.

“É essencial combater e comprometermo-nos numa realidade menos positiva que se encontra presente no nosso quotidiano, mas o envolvimento organizado, estruturado, coordenado e comprometido de todos são o garante do sucesso da estratégia que definimos em conjunto rumo ao desperdício zero”, explicou Nuno Vieira e Brito, secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, na cerimónia de apresentação.

Segundo a organização da iniciativa, outras acções estão previstas para breve, das quais se destacam aquelas que são dirigidas aos mais novos, nomeadamente através de ações de promoção, sensibilização e educação para a problemática do desperdício alimentar.




Conteúdo Recomendado